quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Big changes

E é assim...quando menos se espera abrem-se portas e abrem-se janelas tudo ao mesmo tempo, e faz corrente de ar, dá-se um reboliço, a porta fecha de repente e PUMMM! Encerram-se capítulos e segue-se em frente!
Há pouco tempo escrevi um post sobre como a minha vida mudou radicalmente há um ano atrás, e agora volto a escrever sobre o mesmo, mas com um sorriso nos lábios.
O ano que passou foi difícil, foi muito difícil, foi o pior dos 24 até agora vividos. E senti que durante este ano re-aprendi a estar no mundo, a lidar com os outros, a lidar comigo mesma, com as minhas limitações, com os meus medos, com as minhas fraquezas, a ser mais tolerante com os outros e aceitar que nem sempre me podiam ajudar porque essa era tarefa quase impossível de cumprir.
Andei adormecida. Andei distraída com o que me conseguisse distrair. Andei à espera que o tempo curasse o que nem em várias vidas se cura. Andei bloqueada. Mas andei...
Só agora percebi que andei. Porque para chegar ao dia de Hoje, um longo caminho de aparente estagnação foi percorrdio, dentro de mim, dentro da minha cabeça, dentro do meu coração.
Estou bem...sei que muitas pessoas que lêem o meu blog se preocupam, de facto, comigo, e para vocês: Estou bem!
Continuo a andar...agora com mais força, com mais convicção, com mais vontade e com a certeza de que por muito que ainda me falte andar, o importante é não congelar com medo, nunca mais.

5 comentários:

aoutrarua@gmail.com disse...

:)
é isso mesmo, é preciso é ter força e não medo e isso ninguém nos ensina... aprende-se ;)

Osga disse...

É como costumo dizer:

Com medo não se faz nada!Segue em frente no que puderes.

bjs *

kel disse...

Sempre no coração xuxuca mas com saudadinhas... das boas, claro! Aparece. Beijoca grande*

paddy disse...

As mudanças fazem com que tenhamos que nos adaptar ao que vem, e é como tem que ser :)

Miss Fab. disse...

E para as mudanças boas, sorrisos e muitas flores! :)