domingo, 3 de janeiro de 2010

Este ano é Meu!



Porque 2009 conseguiu surpreender-me até ao último minuto.
Porque 2010 começou com muitos gritos, berros, euforia, alívio, bater de frigideiras que voaram para longe, e que espero com elas tenham espantado os espíritos, levado as más energias, as más vibrações, as invejas, as angustias, e sobretudo os medos.
Porque o que me interessa não é o fim do ano, mas sim o início.
Porque podia haver outros lugares e outras companhias com quem gostava de ter passado a noite, mas agora sei que passei no lugar certo e na companhia certa.
Porque a verdade custa a encarar, mas se há coisa que quero para 2010 é viver com a minha verdade. Quem se quiser enganar a si próprio à minha volta, é livre de o fazer, mas a minha verdade não ma podem tirar.
Porque sinto que este ano vai ser um ano de vitórias, de conquistar o tão desejado, de Paz de espírito, de escolhas bem feitas, de estabilidade, de construção, de harmonia, de crescimento. Um ano sólido ao contrário dos que passaram, onde as poucas construções que fiz se assemelharam a castelos de areia, a sonhar acordada, a imaginar "como poderia ser se...", a deixar-me levar por impulsos de coisas mal resolvidas, pelos problemas e necessidades dos outros, a preocupar-me mais em dar do que em receber, em estar lá para quem precisa, e quando eu preciso sentir que nem sempre estão lá para mim.
Porque se puder escolher uma cor para 2010 que seja o Branco. Limpo, puro, imaculado.
Porque o que ficou para trás vai servir sempre de lição, mas felizmente... está para trás e não volta.
Porque começo o ano de consciência mais do que tranquila, e certa de que os últimos meses do ano que passou foram essenciais para me porem no caminho certo, a caminho das escolhas certas que sei que vou fazer.
Pois que venha daí 2010 que eu estou pronta para o receber... e ele a mim!

7 comentários:

siceramente disse...

pedra em cima dos problemas e vemos mais longe :)

Catarina disse...

Mas que bela surpresa tive quando descobri este cantinho na blogosfera: tão simples, tão real e tão bem escrito por uma conhecida, conterrânea, que há muito não vejo e da qual há muito não tinha notícias. Beijinho grande e muitas felicidades

Pips disse...

Olá Catarina!
Estás a falar de mim ou da Fifs?
Por "conterrânea" deduzo ser eu... mas não estou a ver quem és e agora fiquei muito curiosa! :)
Mais alguma pista??
De qualquer maneira, muito obrigada pelos elogios! E agora que descobriste o Umbigo, volta sempre! :)

Catarina disse...

Utilizando o termo conterrânea, só podia ser mesmo uma senense, não é? :) Se calhar já não te lembras de mim: Catarina Cardoso, um anito mais velha que tu, que jogava volley. Ah, e já adicionei o umbigo aos meus favoritos.

Pips disse...

Tu encontraste-me, e agora eu encontrei-te noutras paragens!
Que bom!!!
Fiquei muito feliz!! Vamos falando por lá, e por aqui...e por onde nos encontrarmos mais!! :))
Beijinhos

Kikas disse...

e ainda bem! feliz 2010 :)

Princesa M disse...

Viva os primeiros 11 dias de 2010