quarta-feira, 11 de março de 2009

Moral e maus costumes

Há coisas que não se dizem e perguntas que não se fazem.
Há observações que devemos guardar só para nós e constatações de factos e realidades que não precisam ser partilhados com o mundo.
Se não nos pedirem a opinião sobre a, b, ou c... que tal ficarmos caladinhos e não opinar de todo?
Se não nos procuram para desabafar sobre a situação x, y ou z... que tal não pormos o dedo na ferida e não nos armarmos em amigos preocupados e muito prestaveis, sendo que os amigos de verdade respeitam o espaço, o tempo e o silêncio de quem ainda não quer falar?

Não entendo..não entendo mesmo esta dificuldade tão grande que é saber ficar calado.

5 comentários:

M disse...

Isso aplica-se ao xixi na banheira, certo??? lolol

Pips disse...

Comé óbvio! Esse é o tipo de coisa que nunca se pergunta em pleno bairro alto aos transeuntes que nunca vimos na vida! Ainda bem que não conheço ninguém que o tenha feito!!!

M disse...

Agora a sério. Saber ficar calado é quase a mesma coisa que saber esperar. E aplica-se para os dois lados. Para aqueles que ouvem e não precisam de opinar, basta a sua presença e saberem ouvir. E aplica-se para aqueles que falam, mas não podem ou não conseguem falar. Com o tempo, falam. E aqui aplica-se outra coisa: É tudo uma questão de tempo!

Lança disse...

Sofro desse mal... :s

(http://disparates-diversos.blogspot.com/2008/11/quiz-iii.html)

PKB disse...

Como te compreendo!...=)