segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Só para avisar:


Que para mim ainda não é 2011.
A minha contagem decrescente foi interrompida quando ia no 6.
Não sei quantas passas comi, porque as enfiei na boca todas de uma vez só e sem pensar em desejos.
Não brindei em condições.
Não fiz a minha lista de sonhos, desejos, objectivos e cenas afins.
Não tirei uma foto com o meu namorado.
Logo...
Não é 2011. Também já não é 2010. Estou por isso a viver num limbo por estes dias. Num nível intermédio, como no "Inception". Prevê-se que no próximo fim de semana se reúnam todas as condições para a passagem de ano a que tenho direito, e para entrar em 2011 plena das minhas capacidades e com tudo a que tenho direito.
Se o Natal é quando um homem quiser, a passagem de ano também há-de ser quando a mim me der na real gana!!

4 comentários:

Rita disse...

Nem mais!!

Aproveita então a tua passagem de ano!

=)

Beijinhos =)

Ritititz disse...

Obrigada, Rita!!!

Beijinhos!

Anónimo disse...

Agora ri-me.
Há uns anos atrás fiz exactamente o mesmo.
Mas porque não gostei do início de 2004. Nada mesmo!
Então convidei todos os meus amigos e no final de Janeiro dei uma festa de passagem de ano em casa. Pensei que me iam chamar doida mas, mesmo que o tenham pensado, compareceram.
Foram contagens, passas, champagne e tudo a que tinha direito. Nomeadamente o renunciar a um ano do qual não estava a gostar.
Passou a ser conhecido entre nós como 'O Ano da Marta' (lol).
Assim sendo, desejo-te um feliz ano novo! :-)

Ritititz disse...

Marta, foi exactamente isso que eu fiz: renunciei à passagem de ano, porque não gostei, porque basicamente não existiu e não "passei".
Os amigos já estão convocados e a adesão está a ser em massa!! Depois conto como correu tudo! Espero que depois da tua nova passagem tenha sido mesmo "O teu ano"! E que 2011 venha a ser o meu!!
Obrigada e beijinhos!! :)