quarta-feira, 18 de junho de 2008

"It's not logic...it's Love"

Quem viu o filme com atenção facilmente sabe do que falo (e a foto ajuda, vá!)
E posts sobre o filme têm sido tantos que não vou cair no cliché de ser mais uma a falar mais do mesmo.
Gostei e muito.
E gostei especialmente desta frase que dá titulo ao post.
Podemos aplicar racionalidade a vários tipos de sentimentos. Podemos estudá-los e até encontrar uma explicação "Causa-efeito" para determinadas emoções que vivem dentro de nós. Mas não me parece possível encontrar alguma lógica no Amor.
De onde nasce, como sobrevive, porque acaba...
Saí da sala feliz, identificando facilmente as Mirandas, Charlottes e Samanthas da minha vida.
E outras coisas mais...que deram que pensar!

2 comentários:

Menina do Mar disse...

Eu também gostei muito do filme.
E sim, eu queria um final feliz. Para infelicidade já basta a vidinha do dia-a-dia.

Ao amor!

kel disse...

Finalmente de volta a estas bandas depois de duas semanas muita intensas profissionalmente.

E como não podia deixar de ser, vejo que mais alguém foi ver este filme MARAVILHOSO ;) Eu devo confessar que fui ver duas vezes e não me aborreci nada!!! :D

Beijão!!!!!