quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Home

Queridos! Mudei de casa, saí de casa dos meus pais... Não está a ser nada fácil porque tenho um milhão de coisas, porque a casa estava a precisar de uma reforma e porque... Adoro de paixão os meus pais... São divertidos, amigos, bem-dispostos, canininhos e sempre me ensinaram na teoria e na pratica o que é um Lar.. Custou-me sobretudo pelo meu Pai, porque sou totalmente menina do papá e porque sei que de nós os três sou a unica tão bem-disposta quanto ele, pela minha Mãe porque sempre fui o apoio dela, nas pequenas discussões com os pilas lá de casa, porque adianto o jantar ou porque simplesmente lhe dirijo um piropo quando sai de casa e pelo meu irmão porque é um Xarilóide com 17 anos que precisa neste momento de todo o tempo de antena que lhe possam dar...
Mas estava na altura! 25 anos e alguma sustentabilidade que me permite esta mudança... Alguma saudade no coração porque como em tudo da minha vida foi feito com alguma impulsividade! Mas está feito e a mudança não podia ter sido para melhor (uma companheira de casa maravilhosa sim a minha Pips!!!) O nosso cantinho brilha, está lindo e cheiroso e cada vez vai ficando melhor... Assim como a minha consciência cada vez mais clara de que agora sou grandinha e Big Girls don't cry!
Quanto aos meus pais, que sei que não lêem quero-vos agradecer por tudo o que me ensinaram, o apoio que me deram e continuam a dar e sobretudo por me terem ensinado o que é um Lar. Dou-vos todo o valor... Obrigada! Dee Lady*

7 comentários:

Osga disse...

Quando é que se marca jantarada ai por casa

xD

Ervi Mendel disse...

Então agora talvez possam começar a fazer posts com subtis insinuações lesbianas, hehehehe

Maria disse...

É sempre um grande passo. que corra tudo bem..=)
um bjnho.

Carlos Rangel disse...

Que corra tudo bem nessa nova aventura! É o começo de uma nova vida, por isso, tudo de bom! ;) Bjs!

M disse...

Saí de casa dos meus pais com 18 anos. Ainda me lembro o que a minha tia disse para a minha mãe: "Olha que eles quando saem, dificilmente voltam". Tive a certeza que aquilo iria acontecer comigo. Soube que, só por um motivo muito forte voltaria a morar na casa dos meus pais. Foram anos que não esqueço. Quer por ter divido a casa com várias pessoas, quer por ter tido a minha própria casa. Hoje, apesar de estar muito bem como estou, e dividir o meu espaço com um gajo que ostenta o estatuto de meu marido, recordo com muita saudade todos estes anos que passaram e que, acima de tudo, me ajudaram a crescer e a ser quem sou. Vais adorar!

kel disse...

Boa sorte na nova etapa baby... Vais gostar! Por mt bem q estejamos, não há nada como a nossa indepência ;) Big kiss*

Carlota disse...

Boa! Parabéns Guapa!É um grande passo e eu dei-o precisamente com a tua idade... fonix... time flyes....

Bjos :o)
Carlota