quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Lá está ele...

Mais uma vez...e desta para bolsar mais uns quantos clichés, chavões e frases-feitas sobre o projecto-lei que vai a votos amanhã na Assembleia da República, sobre o casamento entre homossexuais.
Moita Flores no seu melhor, dia e noite, noite e dia. Sobre tudo e sobre nada. Porque sim e porque não. Mais do mesmo mas trabalhar na câmara de Santarém é que não!
Gostei especialmente do facto de sem mais nem menos bolsar mais uma das suas estórias de faca e alguidar, onde uma senhora vítima de violência doméstica há 20 anos assassina o marido porque não se podia divorciar visto ser católica.
E agora perguntam vocês: "Elá, que grande desgraça...mas e depois? Então o tema não era o casamento entre homossexuais?".... Pois era sim senhor, mas o xôr Moita Flores fala do que lhe bem apetece e dá na real gana! Não é para isso que lhe pagam? E também, o que é que interessa um projectozinho de lei, que até já todos mais que sabemos que vai ser chumbado (ah! não era para se dizer?), comparado com as pérolas que este grande querido tem para nos presentear?

4 comentários:

Ana disse...

ahahahah eu adoro a tua aversão a esse espécime.

Tem a mania que é esperto, tem tem

*

Inês disse...

Por mais que esta votação seja uma palhaçada, já todos conhecemos a disciplina de voto do PS, é sempre bom que se fale nestas coisas, para não ficarem esquecidas... E vamos tendo esperança que para a próxima a hipocrisia fique de lado...

Pips disse...

Totalmente de acordo, e confesso que pensando bem devia ter dispensado os 5m que demorei a escrever o post sobre a minha já mais do que muita explicita aversão ao Moita Flores (sim, Ana..é já um odiozinho de estimação, confesso!)...podia ter-me debruçado sobre o tema em debate, de facto.. Mas ainda vou a tempo..!!

Osga disse...

Foi logo o que eu pensei ò Ana.

Pips minha querida deixa lá o Moitinha em paz!