segunda-feira, 10 de março de 2008

Je t'aime... Moi non plus

Não sou de dizer asneiras... Uma Digna não desce do salto, não suja a boca nem sequer chega a misturar-se tão pouco com a "bardajonice" que se vê pra aí ao pontapé. Mas... eis que se vem a descobrir a libertação que é, estar acompanhada de nossa melhor amiga que tem tanta Dignidade como nós (nem mais nem menos, au point), e de repente, porque aquela Besta Desligada (que não tem outro nome!), me irrita solenemente e me tira do sério com a sua simples ausência de resposta, comentário, iniciativa e sobredosagem de XONICE, dou por mim a praguejar em frente à TV: PÓ CAR$"@r*l&! Como se os protagonistas da Terra Nostra* tivessem alguma culpa dele ser um autentico C*n* da Tia que não anda nem desanda! Fónix!
Guits/Pips acha-me graça e começamos nisto, de 2 em duas frases mandámos uma série de gente pra sítios escuros que nunca viram a luz do dia, gritando a plenos pulmões aquilo que não posso fazer em mais nenhuma circunstância da vida! E os nomes variaram desde Porca a Besta a C*n* da Tia (que não tem paz nenhuma a Sra Dona Tia, Apre!) a Porcalhona Oleosa... Adiante tudo aquilo que nunca imaginei que me saísse da boca a não ser num dos sonhos mirabolantes de Pips, que faz questão de me contar com todo o pormenor e afinco...
Resultado? Adormecemos as duas tal foi a exaustão da libertação mas se querem que vos diga... Soube-me bem pra caramba!!
* -Pensando bem, os protagonistas da Terra Nostra até têm alguma culpa porque aquela coisa do Mateo e da Giulianna... Dá cabo da Santa Paciência de qualquer um! Não chove nem molha nem vai comprar o guarda-chuva! Po*ra!

7 comentários:

ana disse...

Ás vezes sabe bem libertar o stress por meio de palavras menos bonitas. Costuma-se dizer que não fica bem às senhoras dizer asneiras, mas que às vezes sabe bem mandar todos e tudo às urtigas, isso sabe! E achei piada principalmente à associação que fazes ao Mateo e à Giulianna, porque eu própria já dei por mim a dizer coisas menos próprias, tal não é o enjoo que eles já me dão.
Vês como te sentiste mais leve depois de 'asneirares' o que querias?! E não deixas de ser uma Digna, nem uma Lady com pose dos seus saltos ;)

Beijinhos

Pips disse...

Estava eu acordada nem há 30m e já proferia palavras que não constam do dicionário de Língua Portuguesa, nem mesmo no de Calão!!! Dizemos as asneirolas e guinchamos a seguir! E enfiamo-nos para dentro dos lençois, surpresas com nossa capacidade imaginativa para dizer tanta "bobage", que, vinda de nossas bocas não chega sequer a roçar a ordinarice, e ainda tem uma graça descomunal!!!
Ainda bem que eu sou eu e você é você! Senão ia odiar-nos até à morte!!! Pimba, pimba com as laranjas na C*naça!!

Osga disse...

Até se revela sensual quando uma "digna" sai do seu pódio :D

Fifs disse...

Obrigada Meninos... já não tenho de me ir penitenciar... =)

Anónimo disse...

Só para dizer que já li quase tudo...e que GOSTEI!!!
Vou voltar...
Jocas

carlota disse...

O meu local de libertação é sentada ao volante... é aí que gosto de mandar as minhas "bujardas"... agora muito menos, pois o "data and voice recorder" (vulgarmente conhecido por "caixa negra") vai lá atrás muito atento a tudo o que o rodeia e até já diz "aquele gajo é um chouriço!" Lol
Mas que alivia, disso não temos dúvidas e não é por isso que deixamos de ser quem somos... umas verdadeiras "leides"...

Bjos :o)

kel disse...

Ora mt bem... digna q é digna não diz asneiras... em público! Mas estar com as amigas não é estar em público e ao volante então.... o melhor é ter sempre os vidros fechados! É feio, n se diz mas lá q liberta as energias negativas... oh lá se liberta!

Beijossssss ;)