quinta-feira, 1 de abril de 2010

O Mulherio é danado, pá...


Se há coisa que as mulheres fazem bem (e adoram fazer) é apreciar outras mulheres.
Está nos genes, é praticamente inevitavel, e há apenas uma ligeira diferença entre aquelas que se controlam ou disfarçam bem, e aquelas que pura e simplesmente se desbroncam todas e adoram tecer os mais diversos comentários sobre cada cm ou característica do corpo, gosto, modo de estar/pensar/agir de outras mulheres, especialmente aquelas com quem convivem de perto.
Ainda a propósito do episodio dos bikinis, e confirmando o que eu já sei de longa data, o mulherio quando se junta para apreciar e comentar corpos, banhas, barriga, pneu, esterias, celulite, anca saliente, coxa larga, peito pequeno ou peito descaído umas das outras, é o descalabro!
É um fenómeno social! Palavra!! Parece um galinheiro, cada uma a falar mais alto do que a outra, e atropelam-se, ninguém ouve ninguém, e falam dos seus próprios defeitos, complexos e afins, coisas que gostariam de mudar em si no geral, (e no muito particular), para mostrarem que têm perfeita noção dos seus pontos mais fracos, e que não são outras mulheres que lhes vão chamar à atenção para aquele pormenor (que fazem questão que seja maior), que elas nunca antes tinham dado conta. Tudo sempre na ávida esperança de que depois lhes digam:
- "Oh, não estás tão mal assim, não sejas tola... olha eu estou bem pior!" Porque é sempre assim, com a miséria dos outros podemos nós bem, e se a outra está pior até nos animamos... mesmo quando sabemos que é da boca pra fora, e que não é bem assim!"
Isto no caso de estarmos entre amigas, num espírito de entre-ajuda, de tentativa de nos unirmos todas pela causa do: "Sofremos todas do mesmo e não há aqui nenhuma que meta nojo de tão perfeita que é que me dê vontade de cortar os pulsos!"
Mas quando, por acaso, eventualmente, até há uma que mete mesmo nojo e dá vontade de cortar os pulsos, é vê-las falar baixinho, entre dentes, depois de a dita cuja abandonar a sala onde foi semear o caos e o pânico do mulherio em geral! E aí é ouvi-las: "Aquela Maria está mesmo magra e bem feita. Puta!" (desculpem o palavrão)... "O que é que ela fará para estar assim??". "Mas também já a vi mais cheiinha, agora é que emagreceu... Se bem que aquele corte de cabelo não a favorece muito, e as calças também não. Mas que está magra, está! Puta." (desculpem outra vez..)
O que vem contra toda a teoria de que as mulheres são invejosas e se tratam mal entre si. É mentira! Mentira vil e cruel.
As mulheres são solidárias, companheiras, animam-se e são camaradas.
Enquanto não houver uma que seja melhor e se destaque na multidão.

2 comentários:

Kikas disse...

ahah xD fizeste-me rir! infelizmente, no geral, as mulheres são mesmo assim :p

Carraça disse...

Ora bem, são amiguinhas, amiguinhas até que alguém lhes faça sombra! Ser gaja é mesmo tramado!! Oh raça ;)