quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Da dinâmica do casal (e o fenómeno PES)





Pro Evolution Soccer - aquele jogo de futebol para a Playstation que saíu há coisa de uma semana e pouco, e que já lá mora em casa desde a manhã de sábado. Manhã essa em que o meu rico namorado acorda às 8:30h e se rebola de um lado para o outro na cama, enquanto eu me finjo de morta para ver se ele volta a pegar no sono. Mas não... Impossível dormir. E porquê? "Porque já saiu o PES, amorzinho!", como uma criança na manhã de Natal. Estão a imaginar a minha cara de zombie ensonado e completamente a apanhar do ar, não estão?
Quando finalmente percebi do que se tratava lá me saiu (em vão) um: "Mas já tens o do ano passado e esses jogos são todos iguais e caros!"... o que provocou nele o mesmo choque que sinto quando ele me diz coisas como: "Outra mala? Outros sapatos? Outras calças?"... e aí caiu-me a ficha. Não vale a pena contrariar, argumentar o quanto esses 70€ são mal gastos, como isso vai implicar perda de tempo de qualidade a dois, ou fazer as contas do que eu poderia comprar com esse dinheiro (coisas que me faziam tanto jeito como mais uma mala, umas sabrinas e umas calças).
Conclusão: na vida a dois há coisas que não vale a pena tentar racionalizar ou argumentar; apenas aceitar.

Isso e rezar para que aconteça o mesmo que no ano passado: 3 semanas de euforia e nunca mais lhe pegou!

1 comentário:

Rita disse...

Ahahah!.... Que cena... felizmente cá em casa o E. não é viciado em nada desses jogos, portanto não sei o que é. Mas força aí, vais ver que rapidamente vai passar a euforia ;)

Beijinhos,

Rita