quarta-feira, 20 de agosto de 2008

When I grow up...

I wannabe unforgetable...

Isto a propósito de uma conversa que estava a ter... Se fosse uma borboleta (e não uma mosca como se costuma dizer) quem gostava de ir espiar? Escusado será dizer que não vou aqui revelar nomes, porque isso seria demonstrar que A ou B me estão entalados e uma Princesa não tem coisas mal resolvidas ou pelo menos age como se não tivesse. Antes ficar careca do que admitir!
E dei por mim a pensar que independentemente do tempo que passar e eu conseguir lidar com esta minha fraca capacidade de abertura sentimental, no fundo no fundo, quero que os que por aqui já passaram (pelo coração entenda-se!) se lembrem sempre de mim... Seja com que gosto for!
Escusado será falar dos amigos que esses sim são amor que nunca acaba e que tenho a certeza que se lembram muitas vezes =)

3 comentários:

Pips disse...

Falem bem ou mal de mim...mas falem. Ou pensem...ou até dêm sinal de vida, de preferência..que as Princesas agradecem e rejubilam de alegria!

kel disse...

Os amigos nunca se esquecem, só os conhecidos podem passar pelas nossas vidas e não deixar qualquer recordação, boa ou má.

Se fosse uma borboleta haveria muito para espreitar, não que existam coisas mal resolvidas mas porque a curiosidade humana é tramada ;)

You are in my heart forever... both of you ;)

Beijokinhas GRANDES*

Mikitas disse...

E quando se fala em amigos, fala-se em diversão. E quando se fala em diversão, fala-se na Serra. Por isso, quando vais à serra, para que eu te possa ver de olhos abertos. E tu a mim! ehehe