domingo, 2 de maio de 2010

M de Maio, de Maria, de Mãe


Hoje não é um dia fácil.
Os outros dias também não o são. Mas no dia de hoje quem me rodeia lembra-se mais, e acha que para mim hoje é um dia mais triste, mais difícil de lidar, mais doloroso ou saudoso. Acho que hoje também não é um dia fácil para essas mesmas pessoas, que gostam de mim e querem fazer alguma coisa para que não fique triste, e para que não me seja tão difícil passar o dia. Mas a verdade é que pensam mais eles nisso do que eu.
Hoje não é um dia facil para mim porque vejo mais vezes a palavra "Mãe" escrita na TV ou nas montras das lojas. Porque ouço mais gente a dizer que vai almoçar ou jantar a casa das Mães, porque se fala do que se ofereceu, ou não, à Mãe este ano. Mas são só 24h, passam num instante!
E os outros dias? Os outros 364 do ano? Os outros que passam uns atrás dos outros, onde nem se toca na palavrinha, não se comemora nada, não há nada aparentemente, socialmente, e materialmente que ligue a data à pessoa? E nesses mesmos 364 dias, em que não passa um único que não doa, que não sinta saudade, que não fique triste nem que seja por breves segundos, que não sorria, que não chore, que não pense, que não sonhe com Ela?
Por isso, e como eu gosto de ser diferente, hoje apesar de ser o dia da Mãe, as Mães que me perdoem, mas mando um beijinho especial para todos os filhos que lidam com esta saudade que não acaba nunca, todos os dias das nossas vidas.
Um beijo para os filhos que não podem dar esse beijo às suas Mães no dia da Mãe, aos Pais, no dia do Pai, aos irmãos, no dia que não existe mas devia existir, do Irmão.
Porque hoje não é um dia fácil, mas facilita quando sabemos que se lembram de nós.

6 comentários:

Kikas disse...

Pips, o primeiro post que li teu foi mais ou menos há um ano atrás, mais ou menos sobre este assunto. O meu pai tinha morrido há pouco tempo e não sei o que é perder a minha mãe.
Lembra-te que, se as pessoas forem indelicadas, é porque não sabem lidar com estas situações. Porque a maioria, felizmente, nunca passou por elas.
Um beijinho grande e muita força. Para todos os dias, não só para hoje.
(quando escrevi um post que tenho agendado para a uma da tarde, lembrei-me de ti)

Suspiro do Norte disse...

Este post esmagou-me...

Miss G. disse...

Quero deixar-te apenas um beijinho. Não consigo dizer mais depois do que escreveste. Admiro-te a força.

Mafalda Santos disse...

Pois, deve ser muito difícil.
E é agradável ver a quem mandas um beijinho. que deve servir de conforto a muita gente.

Este Blogue precisa de um nome disse...

Um beijo...

CS disse...

Ninguém o diria melhor...