terça-feira, 13 de maio de 2008

Ela vai voltar (Todos os defeitos de uma mulher perfeita)

Ciumagem...
Sou acusada por quem de direito de ter poucos ciúmes. Arrepia-me as unhas dos pés pensar em cenas de ciumagem, novelaça mexicana e altas produções fictícias que têm como protagonistas o dito cujo e a miúda da caixa do supermercado que sorriu (porque lhe pagam para isso!!), e atira a aliança pro chão e vai pro parque de estacionamento pra entrar no carro dele, que entretanto vai mas é beber 4 águas frizze pra azia...
Nada disso, confio plenamente nas pessoas, acho sempre que se vão comportar como eu, que não vão haver coisas paralelas ao que existe ali. Isto em relação a amizades, quase relações e relações efectivas... Analiso criteriosamente o comportamento que as pessoas têm comigo... Significa que o vão ter com outras pessoas...
Vejamos: se alguém de quem até gosto vai beber café comigo, e tem determinados comportamentos como falar de quem lhe dá bola e por aí em diante, quer dizer que, se eventualmente for beber café com outra pessoa qualquer vai mostrar a minha forma de lhe dar bola, certo? E é aqui que me custa a engolir! Ora bolas não é ciumes não Sr... Cada um é livre de fazer o que bem entende e de ter os amigos/as que bem quer (seja namorado, proponente a, affair ou marido) agora dignidade acima de tudo. Não desdenhar, não expor e não fazer conversa disso, sequer porque as costas dos outros são nossas também!
Digo e volto a repetir: detesto ser tema de conversa de café e esqueço-me que diariamente, por esta ou aquela razão (normalmente para mandar abaixo concerteza...) falam do meu nominho e da minha pessoinha que, com milhares de defeitos e dias menos seguros, nunca mas nunca expus ninguém... E já diz a minha Avó adorada "Quem leva e trás não deixa paz... "

Assim, até ao meu regresso que é como quem diz Tou Fora!

3 comentários:

Saulo Milleri Biral disse...

Legal o seu blog. Visite o meu também se quiser. Valeu e até mais.

Inês disse...

Concordo. Detesto intrigas e este tipo de "corte na casaca". Sou incapaz de falar mal de alguém que eu goste e que teve uma má atitude nas costas dela. Se achar que devo, digo-lhe e pronto.
Depois de ler alguns destes posts tenho agradecido sinceramente os amigos que tenho que não me dão chatices desde que entrei para a faculdade... Não há nada pior do que o clima: "sabes o que ela disse de ti??"

Mikitas disse...

O mal é o sindroma de que a galinha da vizinha é melhor do que a minha, daí falarem tanto nela!... Manda lá com isso para trás das costas, ou então **** do alto, coisa que podes muito bem fazer num desses teus voos.