terça-feira, 15 de abril de 2008

Cromos! Daqueles que ninguém quer para troca

Sábado, estudo colectivo com parte da turma em ambiente descontraído onde se falou mais de coisas que nao interessam a ninguém, nomeadamente do HI5 desta e daquela, do que propriamente da composição do FAP... Jantar combinado e uns belos copinhos de qualquer coisa que servisse pra acalmar a rouquidão! Horas volvidas, Futuras PNC em restaurante na 24 Julho a 25€ por cabeça (OUCH!) acompanhadas por um bando de cromos (amigos de um futuro CAB) que já partilham a profissão a que aspiramos. Não sei se chore ou se ria.
Imaginem minhas Queridas/Queridos gente que se acha a última coca-cola do deserto porque anda bronzeada a toda a hora do ano (o que quer dizer q nunca têm aquele gostinho de esperar pelos primeiros resultados dos 1º dias de praia), de t-shirt justa pra se ver o resultado das horas intermináveis que passam no ginásio e como se não bastasse, a indumentária toda igual, tal é o hábito de andarem uniformizados. A falarem com nosotras como se fôssemos um bando de anormais fascinadas pelos Deuses Gregos que se apresentavam à nossa frente. Não ouvi metade da conversa porque assim que percebi a onda que se vivia pus o cérebro em piloto automático... Ora bem meus amigos vai um advice?
Não sei que tipo de pessoas estão vossas excelências acostumbradas mas PELO AMOR DA SANTA, as miudas não são todas estupidas só porque resolveram estigmatizar esta profissão como tal. Não falem mal aos empregados... São gente como nós e não animais como vocês. Sejam educados e por favor não se achem os ultimos bodes do deserto... É que mesmo que o fossem há sempre o Convento das Carmelitas Descalças que era para onde iria eu se houvesse um apocalipse do género... Ah! E se um bando de miudas estiver nem aí pra vocês, nomeadamente a puxar o banco do carro pra frente com o nariz colado ao vidro, e de 2 em 2 segundos a perguntar o caminho do BBC como se estivessem apavoradas e fossem da Lourinhã, e a tratar-vos todos por Tozé... Não levem a sério. ..É o bailinho da Madeira em plena Capital!

7 comentários:

Mikitas disse...

eheheheh
só espero que esses ditos não sei das quantas não tenham, um dia, acesso ao teu blog!

(entretanto, este sábado é que devias ter estado no bufalu´s... isso é que era!)

Osga disse...

Cada vez mais vejo raparigas com esse tipo de rapazes.Alguma coisa devem tem para atrair o sexo oposto.Tb estou a ser preconceituoso, existem gostos de vários géneros.

Pips disse...

É o que dá dar-se com "bichas voadeiras"!! Num há patxorra...

Clepsydra disse...

Bem sei que é irritante, mas, assim, à distância no post, é bem divertido :P

Carlota disse...

Pois... a classe não tem muito prestígio precisamente por causa de uma meia dúzia de cromos e cromas bronzeados, que se acham um "must"... Mas não percas a esperança porque tenho a certeza que ainda te vais cruzar por esse céu fora com pessoas normais, com conversas normais e com quem até vais gostar de dividir o troley das "bubidas"!!!
Bjos :o)
Carlota

Neferet disse...

Conheceste as pessoas erradas!No meio desses cromos ha muitas pessoas que valem a pena,para os que se pensam iluminados so ha uma soluçao: desprezo e estupidez artificial.
Beijinhos

Anónimo disse...

O seu corpo pode já ter conhecido meio mundo, mas infelizmente o espirito continua preso no armário..voar é uma arte para a alma, lamento que para muitos seja apenas uma forma de obter um resultado imediato, sem qualquer tipo de evoluçao interior..! Espero que os erros de uns, jamais sirvam para condenar todos os outros..